O Bom Humor no Dia a Dia

Artigo_Bom Humor_Fatima Alves

Compartilhar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Autor:

Fátima Alves

Você já sorriu hoje? Com certeza você já deve ter lido ou ouvido essa frase em algum lugar. Ela propõe que a gente pare por um instante o que estamos fazendo ou pensando para fazer uma breve reflexão: “será que eu já sorri hoje?”; “talvez tenha sorrido algumas vezes”, ou “não sorri nenhuma vez.”

E qual a importância do sorriso? Ao sorrir, geramos energia de boa qualidade e isso faz com que nosso humor melhore; e, se temos bom humor, melhoramos os relacionamentos, as situações desagradáveis ocorrem com menos frequência, passamos a ser mais otimista, mais saudáveis e viver mais tempo. Isso é real. Existem inúmeras pesquisas que comprovam que o sujeito que costuma sorrir todos os dias é mais imune a doenças, responde mais rápido a medicamentos e a terapias, se livra com mais facilidade de processos depressivos. São pessoas que têm mais amizades, que reagem às situações de forma mais segura e otimista e são mais felizes em suas relações interpessoais.

A pessoa mal-humorada é o contrário. Já acorda de mal com a vida. Geralmente tem pensamentos negativos e pessimistas, reclama de tudo, nada está suficientemente bem feito e quem está à sua volta tem de aguentar a cara feia e as energias de má qualidade que ela emana. Esse comportamento mal-humorado afeta as energias da casa, das plantas, dos animais domésticos. Afeta os relacionamentos, atrai doenças, acidentes, desavenças e tudo de ruim, atingindo, inclusive, as pessoas com quem convive diariamente. E atrai também assédios espirituais. Aí, a vida não vai para frente; uma situação corriqueira que poderia ser resolvida facilmente vira uma longa novela; os aparelhos elétricos começam a queimar, coisas quebram em casa, o carro sempre dá problema, a família começa a se desentender por motivos bobos, as crianças ficam doentes, o cachorro morre, aparecem dificuldades financeiras etc, etc, etc… e as coisas só vão piorando se nada for feito.

Tudo isso por causa do mau humor? Tudo que pensamos e sentimos gera energia. Podemos gerar energias de construção, de boa vontade, de otimismo ou energias de destruição, pessimismo e má vontade. Nós somos os principais herdeiros do que somos e fazemos, mas infelizmente, nosso comportamento disfuncional afeta também outras pessoas de forma negativa.

Da mesma forma que o mau humor afeta tudo à nossa volta, o bom humor também. Mas as energias do bom humor levam alegria para as pessoas e os ambientes e atraem amparadores espirituais. Essa pessoa naturalmente terá uma aura mais amena e será agradável de se conviver. Uma pessoa bem-humorada está de bem com a vida e não fica perdendo tempo com coisas pequenas ou situações desagradáveis. Ela geralmente resolve tudo rapidinho para tirar aquilo da frente e partir para outra, sempre buscando o melhor, pois é otimista e alegre. Mas, o mais importante de tudo é saber que é possível mudar um comportamento disfuncional. Todo comportamento pode ser modificado se existir vontade e continuidade. Podemos ser pessoas melhores e mais felizes e fazer todos que estão à nossa volta felizes também. É só querer e buscar.

Outros conteúdos