Definição de Experiência Fora do Corpo a partir de Relatos de Experiências Similares

Compartilhar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Autor:

Gabriel Teixeira de Medeiros e Fernando de Almeida Silveira

Publicação:

Psicologia: Teoria e Pesquisa 2019, v.35, e35421

Tipo:

Artigo

Idioma:

Português

Data:

2017/08

Diversas abordagens foram utilizadas para entender as Experiências Fora do Corpo (EFC), contudo, não há consenso sobre sua etiologia, definição e características constitutivas. Este artigo buscou comparar definições de EFC com experiências semelhantes, não consideradas como EFC por seus protagonistas. Treze participantes narraram experiências durante entrevistas semiestruturadas, as quais foram submetidas à análise de conteúdo. Três participantes descreveram experiências que se enquadram a três categorias de EFCs distintas. O não reconhecimento da experiência como EFC esteve relacionado à atribuição de causalidade e crenças paranormais e religiosas. Tais dados sugerem a necessidade de separação entre a definição da experiência e sua atribuição de causalidade, bem como uma abordagem multietiológica e fenomenológica no estudo de EFC.

Outros conteúdos